fbpx

Por que e como definir pró-labore para sua empresa?

“Remuneração retirada pelo empresário ou pelos sócios de uma empresa”, essa é a definição parcial de pró-labore que encontramos no site https://www.dicio.com.br/pro-labore/.

Trata-se de uma definição justa, pois ser remunerado pelo seu trabalho também o é, partindo do princípio que na maioria das empresas o empresário trabalha no seu próprio negócio.

Responder “o porquê” é o mais fácil baseado em duas justificativas consistentes. 

A primeira, com finalidade de atender mais um clichê de gestão financeira, é não misturar pessoa física com pessoa jurídica. Despesas pessoais do empresário não devem constar no fluxo de caixa da empresa, estas devem ser pagas com recursos do próprio empresário e para tanto ele necessita de uma renda, do pró-labore, portanto!

Ou seja, o pró-labore consiste na renda pessoal do empresário, obtida através do trabalho em sua própria empresa, para custear suas despesas pessoais.

A segunda justificativa consiste em proporcionar melhor controle financeiro para a empresa por conhecer o real valor retirado pelo empresário, em forma de pró-labore, e compará-lo com outras despesas que a empresa possui.

Conhecer o real valor retirado é uma informação importante para o próprio empresário, no cenário onde ambas as pessoas se misturam, física e jurídica, nenhuma sabe ao certo quanto realmente o pró-labore representa para seu negócio e para si mesmo.

Responder “o como” é mais difícil em virtude de possuir aspectos específicos como padrão de vida do empresário e de sua família, por exemplo e se for o caso.

Deve-se iniciar relacionando todas as despesas pessoais (habitação, lazer, saúde, educação, etc.) e posteriormente definir o valor do pró-labore necessário para custeá-las. Nesse momento o empresário necessita aplicar sua habilidade de gestão com finalidade de gerenciar suas próprias despesas. 

Após definido o valor do pró-labore o próximo passo é encaixar essa despesa nas despesas da empresa e analisar o impacto no resultado do negócio, sendo viável aplicar e iniciar as retiradas estabelecidas para custear as despesas pessoais do empresário.

Para finalizar é necessário acompanhar se o valor do pró-labore retirado está condizente com o valor definido previamente, por parte da empresa e por parte do empresário concomitantemente. Equilibrar as expectativas de manter o resultado do negócio e ao mesmo tempo organizar as despesas pessoais do empresário de forma eficiente, requer, na maioria dos casos, ajustes financeiros de lado a lado.

Refletir sobre os pontos abordados e responder à pergunta inicial será um grande passo dado.

Bom trabalho!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Comente com seu Facebook

Clique aqui e garanta seu desconto para anunciar

Você pode ganhar até 25% de Desconto para Anunciar!

Durante o estado de calamidade estamos oferecendo desconto especial para anunciantes que fizerem seus contratos de forma digital. Clique no botão abaixo para que nossa equipe entre em contato com você.
Preencher formulário

Receba as matérias por email

Preencha corretamente os campos abaixo

Quem viu, também viu...