fbpx

MTB: uma paixão em duas rodas

O ciclismo em geral é um esporte com diversas modalidades que pode ser praticado tanto por homens quanto mulheres. Para cada divisão do ciclismo, é escolhido um determinado ambiente, podendo esse se tratar de uma estrada, de uma pista planejada ou de terrenos sem asfaltamento. 

A modalidade MTB surgiu por volta dos anos 50/60, quando um grupo de amigos ciclistas começou a andar em trilhas e descidas de montanhas da Califórnia. Os atletas que mais se destacaram são Gary Fisher e Tom Ritchey, sendo eles os que foram os primeiros a começar fazer as bicicletas para Mountain Bike. Atualmente ambos têm as respetivas marcas próprias deste tipo de bicicletas. 

 Apesar de fazerem parte de um mesmo esporte, o ciclismo de estrada e o mountain bike são muito diferentes tecnicamente. Enquanto na estrada trabalha-se mais ritmo e resistência, no MTB exige-se mais força e uma boa dirigibilidade para atravessar os obstáculos no percurso, por isso, é considerado um excelente exercício de corpo inteiro. Quando se pratica MTB, você está constantemente mudando o seu peso, às vezes levando a sua bike, trabalhando os braços e peito.

O MTB é reconhecido por proporcionar benefícios físicos e emocionais, contribuindo muito para a qualidade de vida. Além de colaborar de forma excepcional na melhora da consciência corporal em virtude do terreno irregular que obriga o ciclista a pedalar usando não apenas a força das pernas, mas do tronco e dos braços também. 

Grupo “MTB Ibitinga”

A paixão por duas rodas e pela boa saúde foi o que deu inicio ao grupo “MTB Ibitinga”. No inicio, eram apenas 10 a 12 pessoas que uniram a pratica de esporte com a busca de uma nova qualidade de vida e o resultado foi pedalar. 

Antes, os encontros para as pedaladas eram combinados através de um grupo criado no whatsapp. Com o tempo, outros simpatizantes da modalidade se interessam e ingressaram para o grupo que hoje conta com aproximadamente 50 pessoas entre 30 a 57 anos. 

“Para prática do esporte a idade não interfere, mas o indicado é manter os exames periódicos em dia, por se tratar de uma modalidade que exige muito do ciclista. O iniciante, antes de participar do grupo, que já pedala de modo avançado, deve começar gradativamente, aprender a controlar o ritmo do pedal. O ideal para se juntar ao grupo e obtiver um bom desempenho é que pelo menos esteja pedalando cerca de 40 a 50 quilômetros”, ressalta Carlinhos Bezerro, membro do grupo. 

O grupo, sempre unido, tem os mesmos objetivos em relação ao esporte que os levam para o mesmo fim, o amor à modalidade MTB.

“O grupo MTB Ibitinga busca sempre manter as atividades ininterruptas, o companheirismo, o respeito e a determinação para superar os obstáculos em cada percurso. A manutenção do grupo é o nosso foco. Todos em nosso grupo buscam o melhor desempenho. Em especial, Clécio R. Bazanelli – Boy, que participou de diversas corridas e obteve ótimos resultados tanto no Brasil como em outros países. Outra pessoa que merece destaque pela vontade de fazer acontecer esse esporte que nos aviva é o José Raimundo de Jesus da Ótica Ibitinga, um dos maiores incentivadores do ciclismo em Ibitinga”, finaliza Carlinhos.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Comente com seu Facebook

Clique aqui e garanta seu desconto para anunciar

Você pode ganhar até 25% de Desconto para Anunciar!

Durante o estado de calamidade estamos oferecendo desconto especial para anunciantes que fizerem seus contratos de forma digital. Clique no botão abaixo para que nossa equipe entre em contato com você.
Preencher formulário

Receba as matérias por email

Preencha corretamente os campos abaixo

Quem viu, também viu...